X

BLACK FRIDAY WEEKEND: 10% Desconto em todos os produtos com o código LIFENAT10

A Promessa dos Drenantes!

12/02/AM 0 Comentário(s)

São mais do que muitos os drenantes que prometem uma silhueta perfeita e uma saúde de ferro face aquela que está considerada, pela Organização Mundial de Saúde, como sendo a epidemia do século XXI: a obesidade que constitui um dos principais factores de risco para o desenvolvimento de outras doenças com um alto nível de gravidade para a saúde.

 

Obesidade, a doença que atinge mais de 10% da população portuguesa 

 

A obesidade, a doença que atinge cerca de 10% da população portuguesa, é uma doença que se caracteriza pelo armazenamento excessivo de gordura no organismo com consequências que afectam directamente a saúde. Refira-se que a obesidade, a uma escala mundial, mata mais do que a fome e as doenças infecto-contagiosas. Curioso, não é?

 

São imensas as promessas de cura, nomeadamente através de drenantes, para este problema crónico cuja incidência é maior nos países desenvolvidos e não podemos esquecer-nos de que doença gera, desenvolve e arrasta doença.

 

De acordo com informação disponibilizada pela ADEXO, Associação de Doentes Obesos e ex-obesos de Portugal, serão cerca de 1 500 as mortes causadas, por ano, pela obesidade e apostar na prevenção é – nunca é demais reforçar e repetir o cliché – o melhor remédio.

 

Aqui não cabem, naturalmente, todas as receitas milagrosas de emagrecimento. Mas haverá excepções. O uso de drenantes poderá ter uma acção positiva, eficaz e ao mesmo tempo saudável. Mas aplicar-se-á, esta fórmula, a todos?

 

 

Drenantes podem ajudar no processo de emagrecimento saudável para combater a obesidade na origem

 

Sabe-se que o excesso de gordura corporal é o resultado da predominância da quantidade de calorias ingeridas face às calorias despendidas – o que não significa, necessariamente, que a pessoa se alimenta em excesso. São imensos os factores que podem contribuir para esta doença, nomeadamente uma predisposição genética, factores ambientais ou comportamentais e factores metabólicos ou hormonais. No caso específico das mulheres existem estados que podem constituir factores de risco – nomeadamente os períodos de gravidez ou de menopausa.

 

Os drenantes – não serão todos – podem, de facto, ajudar o organismo a reagir no processo de emagrecimento corporal associados a um regime alimentar equilibrado e de baixo valor energético.

 

Existem drenantes no mercado que são suplementos alimentares compostos por plantas com reconhecidos efeitos desintoxicantes e diuréticos que contribuem, de facto, para a eliminação de toxinas e de gorduras já que possuem uma composição que promove a eliminação da retenção de líquidos em uma acção desintoxicante e termogénica favorecendo mesmo a perda de peso.

 

Estes drenantes são específicos para eliminar a gordura abdominal – ao mesmo tempo que desintoxicam o organismo, melhoram a circulação, eliminam a celulite, queimam calorias e ajudam no funcionamento intestinal.

 

Para se conhecer toda a gama de drenantes que são realmente eficazes e saudáveis no combate à obesidade, consultar os produtos disponíveis em http://www.lifenatura.com/

Escreva um comentário